Lobotomia

SOURCE – O álbum de estréia Lobotomia é um clássico brasileiro no cenário. Embora atualmente a produção soe precária, as músicas são muito boas e os temas muito atuais. Vocês pensam em regravar o álbum para um futuro relançamento?

Grego (bateria) – Para a época foi uma das melhores gravações de hardcore no Brasil. Sim, pensamos em regravar o álbum, mas sem data pré-determinada.

SOURCE – O que você poderia nos falar da época da gravação do álbum Lobotomia?

Grego (bateria) – Era uma época onde não havia tantos recursos como hoje em dia. O estúdio onde gravamos o álbum, o técnico nunca tinha trabalhado com este tipo de musica ou semelhante. Mas, nós levamos um produtor (Edu Bianchi) que já tinha feito alguns trabalhos com bandas de heavy metal, o que ajudou bastante a gravar o álbum.

SOURCE – Nada É Como Parece foi lançado em 1989 apresentando uma sonoridade mais metal. Atualmente como você avalia essa evolução do primeiro para o segundo álbum?

Grego (bateria) – Não foi nada programado, apenas fazíamos o som que a gente curtia.

SOURCE – A banda teve um período de inatividade, entre os anos de 1989 a 2004. O que aconteceu nesse período de inatividade?

Grego (bateria) – Cada um já tinha o seu trabalho na época. Mas somente eu continuei a tocar com outras bandas. Depois, acabei dando um tempo até a volta em 2004.

SOURCE – Em 2016 vocês lançaram o álbum Desastre. Qual o balanço que vocês fazem do lançamento e aceitação do álbum?

Grego (bateria) – Este novo album está mais metal que os anteriores, mas não é nossa intenção ficar mais metal que isso. A aceitação está sendo boa, recebemos um retorno legal das pessoas que ouviram.

SOURCE – Quais foram as estratégias de divulgação realizadas para Desastre?

Grego (bateria) – Saimos nos principais veículos de música, demos algumas entrevista nas radios etc.

SOURCE – Atualmente a cena é muito diferente de quando a banda iniciou. Há algumas ações do cenário moderno que você estranha em realizar?

Grego (bateria) – Não temos nada a dizer, sempre foi assim o cenário underground.

SOURCE – Como você avalia o cenário nacional atual?

Grego (bateria) – Infelizmente o rock no Brasil é sazional, tem seus altos e baixo. Mas nós mantemos nossa ideologia mesmo que sobrem apenas nós.

SOURCE – Espaço aberto para comentários finais.

Grego (bateria) – Agradecemos pelo espaço para divulgar nosso trabalho. Abrs. Lobotomia.

Contact:

Lobotomia

Streaming: